PATRIMÓNIO ARQUITECTÓNICO . FUTURO CENTRO DE INTERPRETAÇÃO

No âmbito de contrato de comodato e protocolo de colaboração, a Câmara Municipal de Rio Maior cederá à EICEL1920, Associação para a Defesa do Património, a antiga secção de trituração da fábrica de briquetes da Mina do Espadanal, por um período renovável de 5 anos,  para instalação da respectiva sede e prossecução dos fins previstos no objecto social desta colectividade.

A EICEL1920 propõe-se criar neste edifício um Centro de Interpretação do Património Geológico e Mineiro do Concelho de Rio Maior.

 

O Riomaiorense apresentará, em actualização permanente, informação relativa ao desenvolvimento do projecto de reabilitação do antigo edifício e à instalação do futuro Centro de Interpretação.

Director e Proprietário: Nuno Alexandre Dias Rocha, 2015-2018. © Todos os direitos reservados.                                                                                             Distribuição gratuita

  • w-facebook
  • w-tbird
  • w-googleplus