(Noticiário Associativo) Conservação do Património VIII

                                                    

 

 

Obras para o futuro Museu Mineiro

EICEL1920 realizou a VIII Acção Voluntária de Conservação do Património Mineiro

                                         

 

A EICEL1920, Associação para a Defesa do Património, realizou, entre os meses de Abril e Outubro de 2017, um conjunto de obras para a reabilitação da antiga secção de trituração da fábrica de briquetes da Mina do Espadanal, onde, na sequência de contrato de comodato celebrado com a Câmara Municipal de Rio Maior, será instalado o futuro museu mineiro.

 

Os trabalhos executados foram programados em três fases, no âmbito da VIII Acção Voluntária de Conservação do Património Mineiro e tiveram início em Abril, com a desmatação geral de toda a área envolvente ao edifício a recuperar. Seguiu-se, em Maio, a demolição de duas estruturas construídas na década de noventa, aquando da utilização do espaço como estaleiro municipal, e a limpeza do piso térreo do edifício. Por último, nos meses de Setembro e Outubro, procedeu-se à remoção de várias toneladas de terra depositadas no local, entre 2011 e 2013, pelos serviços municipais.

 

A EICEL1920 contou, para a execução deste significativo volume de trabalho, com a importante colaboração da Junta de Freguesia de Rio Maior, que disponibilizou para o efeito uma máquina rectro-escavadora e os serviços do respectivo operador, bem como de outros funcionários no corte de vegetação e limpeza. A EICEL1920 contou ainda com a colaboração voluntária de vários associados, com destaque para o trabalho incansável de João Verde da Costa e Marcelino Machado.

 

Seguindo a prática das intervenções anteriores, os trabalhos de demolição de estruturas que não pertencem ao conjunto edificado original foram acompanhados pelo Presidente da Direcção, arquitecto Nuno Rocha, procedendo-se a um registo pormenorizado, para memória futura, com recurso a peças desenhadas e a um levantamento fotográfico. Os resíduos resultantes da demolição foram sujeitos a uma prévia separação para posterior encaminhamento para local adequado pela Câmara Municipal de Rio Maior.

 

Como testemunham as imagens, é já significativa a transformação do espaço. A EICEL1920 dará seguimento, ao longo do ano de 2018, a um programa de intervenções faseadas tendentes à recuperação e musealização do edifício.

 

A Direcção da EICEL1920

6 de Novembro de 2017

​​​​​

Figura 1 - Remoção de depósito de terras e demolição de acrescentos. Antes e depois, Junho de 2013 e 13 de Outubro de 2017.

© Luís Carvalho e João Verde da Costa, Arquivo EICEL1920

Figura 2 - Demolição de estruturas não pertencentes ao antigo complexo mineiro do Espadanal. Antes e depois, 22 de Abril e 3 de Maio de 2017.

© Nuno Rocha, Arquivo EICEL1920

Director e Proprietário: Nuno Alexandre Dias Rocha, 2015-2018. © Todos os direitos reservados.                                                                                             Distribuição gratuita

  • w-facebook
  • w-tbird
  • w-googleplus