Relembrar Fernando Casimiro (2)

                                                    

 

 

                                            

 

 

Para concluir, escolhi uma notícia, assinada por Fernando Casimiro no jornal “O Riomaiorense”, em 19 de Agosto de 1960.

 

História Regional (6)

OS BOMBEIROS ARRANJAM LOCAL PARA A SUA SEDE

 

A nossa Associação dos Bombeiros Voluntários lutou, desde a sua fundação, em 1892, com uma grave dificuldade: a falta de instalações próprias.

 

Instalada em sedes improvisadas, em casas arrendadas, tudo funcionava deficiente- mente.

 

Porém, em 8 de Maio de 1899, esse grave problema principiou a ser definitivamente resolvido: a “Junta de Parochia da freguesia de Nossa Senhora da Conceição” cedeu aos Bombeiros Voluntários um terreno no Alto da Capela, à rectaguarda da Capela das Almas, para lá ”estabelecer as necessárias acomodações para o serviço de incêndios e sede da mesma corporação”.

 

Era então presidente dessa Junta o Padre Gaspar Antunes da Costa e vogais o Padre Joaquim Filipe Victorino Botelho, Joaquim António Correia, José Nicolau de Almeida e João Casimiro da Silva.

 

Estes dois últimos eram figuras destacadas dos Bombeiros Voluntários, seus dirigentes desde a fundação. Por parte dos Bombeiros intervieram oficialmente na cedência desse terreno Joaquim Henriques de Almeida, João Ferreira Canadas, José Damaso Júnior, José Machado Feliciano Sénior, Teodósio Froes de Figueiredo, Henrique Ferreira Costa, Remígio Rodrigues da Costa e Eduardo Casimiro da Silva, este último, que foi 1º Comandante do Corpo de Bombeiros, então com 24 anos de idade, sendo alguns dos restantes pouco mais idosos.

 

Também contribuiu de forma decisiva para a cedência desse terreno, onde anos antes se tinha principiado a construir uma igreja, o Secretário da Junta, António Joaquim Alves, parente dos irmãos Casimiros e muito dedicado ao progresso da terra.

 

Assim se arranjou o chão e ia ter início a grande batalha da sede, em que um grupo de homens de boa vontade, vencendo imensas dificuldades, conseguiu erguer um edifício que foi o principal centro associativo de Rio Maior. A Associação dos Bombeiros Voluntários consolidava a sua posição de primeira associação riomaiorense.

Fernando Casimiro


 

Figura 2 - Busto de Fernando Casimiro Pereira da Silva, Praça do Comércio, Rio Maior. © Nuno Rocha, 2018. Arquivo O Riomaiorense.

Director e Proprietário: Nuno Alexandre Dias Rocha, 2015-2019. © Todos os direitos reservados.                                                                                             Distribuição gratuita

  • w-facebook
  • w-tbird
  • w-googleplus